2 de jun de 2011

Bandeira de Mello




Em um desses sábados frios do outono curitibano arrastei os meus aqui de casa para a Galeria da Caixa para conhecer o trabalho de Bandeira de Mello.

Nascido em 20/06/1929, o mineiro de Leopoldina é verbete nos principais dicionários e enciclopédias de artes plásticas brasileiros. Atuou como professor de desenho e pintura em importantes faculdades de artes e ainda trabalha em seu ateliê na Rua das Laranjeira no Rio de Janeiro.

É o responsável pelos painéis pintados no Ed. Sede da Caixa Econômica Federal no RJ. Suas figuras humanas são fortes, não apenas nas fisionomias, mas parecem revelar a alma, transbordando sentimentos e mistérios das telas e desenhos. Gosta sempre de mostrar “ a luta do individuo pela sobrevivência da espécie” como ele mesmo conta no documentário realizado pela SambaCine com direção de Julia Morena disponível no site do artista www.bandeiramello.art.br

Na exposição, que surgiu para homenagear os 80 anos do artista, estão os projetos dos afrescos que fez para uma capela da ordem de São Franscico na Itália.

Encontramos em seu trabalho a supremacia do desenho, como ensina Quirino Campofiorito: “a matéria de suas tintas tanto quanto a marca de seus corantes parecem subordinar-se as determinações do desenho, nos detalhes como na estrutura geral”.

A exposição, intitulada “Eu Existo Assim”, vai até 26 de junho, e a Galeria fica na Rua Conselheiro Laurindo, 280.

Valeu a pena, principalmente para conhecer Retrato de Mulher de 1955, o qual amei!( a primeira foto acima).

Um comentário:

Rachel Kleinubing disse...

uau! eu não conhecia e fiquei encantada!