25 de nov de 2013

Fotografia - Eliziane Nicolao



Fotografia

Olho nossa fotografia com saudades.
Está amarelada e
O tempo já escreveu algumas linhas nela.
Ainda me assusto com nossa felicidade.
Nesta fração de vida registrada
Não sei quem está mais feliz.
Nenhum outro papel
Registrou um sorriso assim.

Eliziane Nicolao


18 de nov de 2013

Amizade de Cristal - Eliziane Nicolao




Amizade de Cristal

Elas eram meio meninas, meio mulheres,
Meio amigas, meio irmãs,
Meio magas, meio princesas.
 Durante o dia
Recebiam o sol de braços abertos
E a noite, em meio a seus cristais
Refletiam a lua
Como ninguém mais ousaria.
Juntas guardavam os segredos
Que os ventos deixavam em seus cabelos
E escreviam as lendas que os vulcões
Expulsavam do centro da terra
Entre elas uma história
Poderia ser contada
Com um pousar de cílios.
Dizem os de épocas passadas
Que algo assim
Vem de outras vidas


Eliziane Nicolao

3 de out de 2013

Quem vê cara não vê coração - Roseana Murray






O silêncio é uma caixa
imensa onde cabem
e ressoam
todas as palavras
e há que pescá-las com cuidado.
Existem as redondas
e macias,
palavras vaga-lumes,
que iluminam a boca
de amor e doçura,
e outras com espinhos,
essa é melhor deixar
no fundo da caixa do mundo.

Dentro do silêncio
as palavras iluminadas
nadam
como peixes dourados.

A PALAVRA É DE PRATA E O SILÊNCIO É DE OURO
- Roseana Murray.
Quem vê cara não vê coração

29 de set de 2013

Jorge Amado









“A solução dos problemas humanos era que constar sempre com a literatura, a música, a pintura, enfim com as artes. O homem necessita de beleza como necessita de pão e liberdade. As artes existirão enquanto o homem existir sobre a face da terra. A literatura será sempre uma arma do homem em sua caminhada pela terra, em sua busca de felicidade.”
Jorge Amado

22 de set de 2013

Você me faz bem - Liziane Coelho




Você me faz bem

Você jamais vai entender por que eu gosto tanto assim de você.
Talvez nem eu mesma consiga entender.
Sei que gosto porque sei o que sinto e o que sinto me faz bem.
Esse bem é um bem que me deixa mais leve.
É um bem que me faz acreditar mais nas pessoas.
É um bem que faz de mim uma pessoa melhor.
Melhor que esse bem que você me faz, só você, ninguém mais.
Você nunca entenderá porque nem eu mesma posso entender.

Liziane Coelho

17 de set de 2013

Cartas Para Julieta



Um dos meus filmes favoritos!





"Querida Claire,
‘E’ e ‘se’ são palavras que, por si, não apresentam nenhuma ameaça. Mas, se colocadas juntas, lado a lado, elas têm o poder de nos assombrar a vida toda. E se… E se… E se…
Eu não sei como a sua história terminou, mas se o que você sentia naquela época era verdadeiro amor, então nunca é tarde demais. Se era verdadeiro então, por que não seria agora? Você só precisa de coragem para seguir seu coração.
É difícil imaginar um amor como o de Julieta, um amor que nos faça abandonar entes queridos, que nos faça cruzar oceanos. Mas eu gostaria de acreditar que se eu um dia sentir esse amor, terei coragem de perseguí-lo. E, Claire, se não o fez naquela época, espero que ainda o faça um dia. Com todo amor, Julieta."

Cartas para Julieta 

8 de set de 2013

Sirlei Passolongo








Tomara que você esteja bem
de tal maneira
que seus olhos brilhem
feito estrelas,
que seus passos dancem
feito gotas de chuvas,
e por fim, em algum momento
pense em mim
com seu melhor sentimento.

_Sirlei L. Passolongo_


3 de set de 2013

Compromisso - Chico Xavier



"Compromisso é permitir que o outro entre na nossa vida.
é sonhar junto sem se sentir ameaçado,
marcar horário sem se sentir controlado,
dividir o espaço sem se sentir invadido.
Compromisso não é a falta de liberdade.
Compromisso é o exercício da liberdade
de estar com alguém, em amor"
Chico Xavier

Sementes de Cura - Ana Jácomo







Sementes de cura.

O tempo passa ... O fôlego retorna ... Parece milagre, mas as sementes de cura começam a florescer nos mesmos jardins onde parecia que nenhuma outra flor brotaria. 
A alma é sábia: enquanto achamos que só existe dor, ela trabalha, em silêncio, para tecer o momento novo... E ele chega. - Ana Jácomo -

20 de ago de 2013

Cora Coralina




Não sei se a vida é curta ou longa para nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silencio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina."
Cora Coralina

13 de ago de 2013

Olhares - Alexandra Barcellos



Olhares

Nunca existiu nada entre eles
Nada
Nenhuma história
Só um jeito de se olhar
Perplexo
Perfeito
Dois prisioneiros
Unidos por olhares
Um mundo de impedimentos
Duas pessoas e vários impedimentos
Nenhuma atitude possível
Somente desejos que se tornam vestígios
Olhares e Olhares, quem nunca falou só com eles?
Você não?
Desculpe-me, mas não acredito na tua versão

Alexandra Barcellos

9 de ago de 2013

Khalil Gibran




É errado pensar que o amor vem do companheirismo de longo tempo ou do cortejo perseverante. O amor é filho da afinidade espiritual e a menos que esta afinidade seja criada em um instante, ela não será criada em anos, ou mesmo em gerações. - Khalil Gibran -

22 de jul de 2013

Carolina Salcides








Eu quero a leveza da simplicidade. A doçura de um coração puro. Me emocionar com os mais sinceros gestos de carinho. Quero o conforto e o aconchego de um abraço. O calor de um amor que cresce e a luz da vida operando milagres quando ainda nem vejo... Carolina Salcides.

6 de jul de 2013

São Francisco de Assis









"Não te preocupes, se estiveres atento a ti mesmo verás que a sabedoria milenar está contigo, conduzindo-te momento a momento àquilo que realmente necessitas viver.
Confia e vai em teu caminho de paz. Nada é mais gratificante que ver alguém submergindo da escuridão apenas por haver acreditado na existência da luz. Ela sempre esteve presente...Era só abrir os olhos... - São Francisco de Assis -

3 de jul de 2013

Lenda de Ohayô





"Hoje, vou contar a história comovente de Ohayô, a singela camponesa que tinha um grande dom, a arte de dar vida a tudo que tocava...

Ohayô, nasceu com este dom e sem nenhuma vaidade, vivia sua vida humildemente, fazendo origamis de papel. Sua fama se estendeu em todo o vilarejo e se espalhou até o Reino principal.

Romaji, a rainha suprema ao saber dos dons de Ohayô, mandou busca-lá com todas as honras.

O encontro entre as duas foi assunto em todo o Reino. Romaji pediu uma amostra dos seus dons, e Ohayô fez passáros em papel branco que se transformaram em lindo pombos da Paz.

Deslumbrada e com muita, mas muita inveja do Poder de Ohayô, Romaji a trancou em um quarto sombrio e gelado no alto da torre. Mandava ordens para que Ohayô fizesse com seu dom: jóias, armas, ouro ou outros objetos para servir a cobiça de Romaji.

Ohayô emudeceu e no alto da torre se entristeceu... A única coisa que continuava fazendo eram origamis de pombos, que pela janela da torre voavam livres pelo céu.

Estes lindos pássaros da Paz levavam mensagens para todos habitantes, principalmente nas situações de desalento e desesperança.

O reino de Romaji, passou por muitas dificuldades, perdeu batalhas e empobreceu. Ohayô trancada na torre envelheceu. E mesmo com todos os castigos físicos e mentais não cedeu aos desejos de Romaji.

Um dia Romaji, amanheceu enlouquecida e mandou cortar as mãos de Ohayô. Os soldados se negaram e Romaji, furiosa, resolveu subir ela mesma na torre, com um enorme facão.

Lá chegando encontrou Ohayô fazendo silenciosamente seus origamis da Paz. Reconheceu nos traços a moça que tinha sequestrado, mas viu a idade impregnada em toda a sua doce face. Percebeu que ambas tinham envelhecido...

Ergueu o facão em direção a Ohayô, mas vendo tanta dignidade, seu coração transmutou a inveja pela admiração.... Ahhhhhh....

Ajoelhou-se aos pés de Ohayô e chorou, chorou anos de solidão. Sinceramente arrependida, implorou por perdão no meio de um mar de lágrimas. Ohayô, banhada por esta emoção, se transformou em um lindo pássaro branco e voou livre, livre, livre pela janela da torre.

Romaji, assombrada jurou naquele momento que seria uma pessoa melhor. Com seu dom de liderança, conduziu o reino de volta a prosperidade. Foi nos seus últimos anos, uma rainha generosa e sábia. Morreu em Paz. Dizem que ambas se encontraram como luzes no céu!

Moral da história: Todos nós nascemos com dons de dar vida, seja através de palavras, afetos, ideias, ações... Não inveje os dons dos outros, descubra dentro de si os seus próprios dons!"


Via Os Fios Dourados das Histórias

27 de jun de 2013

Incompletude - Manoel de Barros






Incompletude

A maior riqueza do homem
é a sua incompletude.
Nesse ponto sou abastado.
Palavras que me aceitam como sou - eu não aceito.

...Não aguento ser apenas um sujeito que abre portas,
que puxa válvulas, que olha o relógio,
que compra pão às 6 horas da tarde,
que vai lá fora, que aponta lápis,
que vê a uva etc. etc.

Perdoai
Mas eu preciso ser Outros.
Eu penso renovar o homem usando borboletas...

Manoel de Barros

23 de jun de 2013

Mário Quintana









"As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.
Temos que nos bastar... nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.
As pessoas não se precisam, elas se completam... não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida."

Mario Quintana