25 de jul de 2012

Bicicloteca


Robson Mendonça, de 60 anos, é um ex-agropecuário da cidade de Alegrete (RS) que há dez anos decidiu deixar o campo para tentar a vida em São Paulo. Logo que chegou, foi assaltado, perdeu tudo e passou a viver na rua. Anos depois, a família também veio para São Paulo, mas Robson tragicamente perdeu mulher e filhos em um acidente de carro. Via-se sem possibilidade de reconstruir sua vida. Foi de uma humilhação sofrida que tirou a ideia que iria mudar sua vida – e a de outros moradores de rua.
Impedido de pegar emprestado um livro numa biblioteca pública porque não tinha comprovante de residência nem outros documentos, Robson teve a centelha de criar uma biblioteca pública e que não exigisse cadastros. Pouco antes, já havia fundado, junto a outros moradores de rua, o Movimento Estadual de População em Situação de Rua. Uma parceria com o Instituto Mobilidade Verde viabilizou o projeto da Bicicloteca (bicicloteca.com.br). Trata-se de um triciclo com um baú na garupa, com capacidade para transportar quase 300 livros, que são distribuídos diariamente, desde junho de 2011, a moradores de rua.
Ao contrário de outras bibliotecas itinerantes, a Bicicloteca não empresta os livros, mas os doa. Cada um recebe um carimbo lembrando ao novo dono que é uma doação, o que estimula a serem doados novamente, criando um ciclo de leitura. A figura de Robson Mendonça guiando sua Bicicloteca pelas ruas do centro de São Paulo virou parte da paisagem urbana da cidade. Em setembro, a Bicicloteca foi furtada. Robson criou uma campanha na imprensa e entre a população e ela foi recuperada duas semanas depois.
Uma parceria com a Eletropaulo permitiu a instalação de uma placa de captação de energia solar na Bicicloteca. Esta energia 100% limpa abastece um computador instalado no baú da Bicicloteca. Através dele, é possível acompanhar ao vivo, via skype, o trabalho de Robson Mendonça. O acesso à internet também é compartilhado com moradores de rua. O vídeo abaixo, do Instituto Mobilidade Verde, Robson agradece após a Bicicloteca ter sido encontrada:
Artigo escrito por Miguel Caballero.

Nenhum comentário: