1 de fev de 2012

Carlos Oswald, O Resgate de um Mestre

Sagrado Coração de Maria/ Rio de Janeiro,RJ/ 1930/Gravura em metal(verniz-mole aquarelado)


O Gigante Adormecido/Rio de Janeiro, RJ/1940 Gravura em metal (água-forte e água-tinta)


Palmeiras no jardim Botânico/Rio de Janeiro, RJ/ 1932/Gravura em metal (água-forte e ponta-seca)



Estive na exposição Carlos Oswald: O resgate de um mestre, no espaço cultural da Caixa. Fiquei absolutamente encantada com a obra deste italiano, de Florença, que ao longo de mais de 50 anos de profissão foi o grande defensor e divulgador da gravura de arte no Brasil.

Inaugurou em 1914 e dirigiu a Oficina de Gravura do Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. Foi um dos responsáveis, junto com o engenheiro carioca Heitor da Silva, pelo Cristo Redentor. Saíram de seu ateliê os croquis enviado a Paris.

Recebeu do Papa Pio XII a “Ordem Equestre de São Gregório Magno” pela sua Via Sacra de 1934. Em 1962 teve quase na integralidade duas obras doadas ao Museu Nacional de Belas Artes. Faleceu em 1971 em sua casa em Petrópolis.

A exposição

Exposição “Carlos Oswald – O Resgate de um Mestre”
Local: CAIXA Cultural – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba/PR
Visita Guiada: 17 de janeiro às 18h30 com o curador
Abertura: 17 de janeiro às 19h30
Visitação: de 18 de janeiro a 26 de fevereiro de 2011
Horário: De terça a quinta das 9h às 20h, sexta e sábado das 10h às 21h e domingo das 10h às 19h
Ingressos: Entrada Franca.

Nenhum comentário: