3 de ago de 2011

Debret Viagem ao Sul do Brasil




Estive no aconchegante espaço Cultural da Caixa para ver uma exposição do artista Jean-Baptiste Debret.

Sempre gostei das aquarelas que apareciam nos livros de história do Brasil na escola, e só mais tarde entendi que se tratava do artista francês. Debret veio para o Brasil em 1816, junto com a Missão Artística Francesa para a formação de uma Academia de Belas Artes. Permaneceu aqui por 15 anos e fez importantes registros do cotidiano dos moradores do Rio de Janeiro naquela época.

Nesta exposição estão imagens de sua viagem aos sul do país, acompanhando a comitiva do Imperador por SP, PR, SC e RS. São 60 aquarelas e desenhos que pertencem aos Museus Castro Maya.

O colecionador Raymundo Ottoni de Castro Maya adquiriu, dos descendentes de Debret, mais de 500 originais do artista. Como ele disse “...quando em 1939 descobri na França os trabalhos do pintor senti logo o desejo de proporcionar ao público a oportunidade de conhecer esse extraordinário achado”.

Existem algumas dúvida se de fato ele fez esta viagem ao sul ou apenas se baseou em aquarelas de outros colegas para fazer as suas. Isto porque não existem registros da presença dele na comitiva e também porque a maioria dos desenhos mostram as paisagens ao longe, o que não é comum em seus desenhos.

Enfim, foi impressionante conhecer estes desenhos maravilhosos, com traços magníficos, datados de duzentos anos atrás! Uma grande lição de história brasileira!

Até,


3 comentários:

Cristina Sá literaturainfantilejuvenil disse...

Eli,
É o que eu digo sempre:
"Visitando o blog da Eli
e aprendendo".
Muito interessante!
Bjs
Cristina Sá do blog:
http://cristinasaliteraturainfantilejuvenil.blogspot.com

Anônimo disse...

Muito bom mesmo!Muitas curiosidades que não sabia sobre Debret.Parabéns!O afilhado tbem leu.
Bjus Tia

Maristela Melo disse...

Amo as pinturas de Debret, também conheci na escola e gostava muito dos negros e indios que ele pintava. Também gostei do post sobre Botero, que delícia sua arte um "pouco arrendondada", "fofinhas" lindíssimas... Como gosto muito das telas sobre temas infantis ( que são muitas)de Portinari vou ficar aguardando algum post seu desse artista nosso tão brasileiro e lúdico.
Amo o seu blog...
Beijos
Maristela Melo