18 de abr de 2011

Tomie Ohtake

Nascida em 21 de novembro de 1913 no Japão, ela veio para o Brasil em 1936, mas só iniciou seus estudos em artes em 1952.

Atuando ainda hoje, trabalha com pinturas, gravuras e esculturas, sendo considerada uma das principais representantes do abstracionismo.


Em 2000, é lançado em São Paulo o Instituto Tomie Ohtake, idealizado por Ricardo

Ohtake e projetado por Ruy Ohtake.
O Edifício é maravilhoso, gigante, super moderno. Independente do que tenha exposto lá dentro, o Edifício em si já vale a visita.

Visitei a Exposição dela chamada “Pinturas Cegas” composta de 30 obras de acervos e coleções particulares, escolhidas pelo curador Paulo Herkenhoff. São telas realizadas com os olhos vendados entre 1959 a 1962. Foi um confronto de sua pintura com questões óticas e oftalmológicas.

Foi muito interessante examinar cada tela e tentar descobrir o que se passava com a artista, com seus pensamentos , com seu universo, enquanto pintava.

Adorei!


2 comentários:

Rosa da Rosa disse...

Olá Eli! Muito bom você compartilhar também suas percepções! Abraço, Rosa.

silvioafonso disse...

.

Amei essa delícia de blog.
Voltarei sempre para ler o
que escreve.
Estou seguindo você, siga-
me também e eu exulto...

silvioafonso




.